Chat Lateral
Últimos assuntos
» Avatares Femininos
Qui Dez 08, 2016 3:15 pm por Moon Gyeon Lee

» Área de Flood
Ter Set 15, 2015 10:48 pm por Lisbeth Vannucci

» [FP] Charlie A. Reacher
Qui Ago 27, 2015 8:31 pm por Luix H. W. Kriskahn

» [FP] O'Neall, Amelia R.
Qui Ago 27, 2015 7:29 pm por Amelia R. O'Neall

» Promoções de Abertura
Qua Ago 26, 2015 8:14 pm por Sophia D. Olderschvank

» [FP] ROSS POLLANSKI, MARGOT
Ter Ago 25, 2015 8:27 pm por Dean Winchester

» [TP]As aventuras de Zoey e Luix : Quebrando Maldições [TP]
Seg Ago 24, 2015 5:36 pm por Zoey Brooke

» Pedido de Quest
Seg Ago 24, 2015 3:02 pm por Matthew O'Connor

» Avatares Masculinos
Seg Ago 24, 2015 2:50 am por Caleb Hemmings


[FP] Christian F. Grant

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Christian F. Grant

Mensagem por Christian F. Grant em Sab Ago 08, 2015 12:14 am



Christian F. Grant

NOME COMPLETO
Christian Fox Grant

IDADE:
25 anos

ESPÉCIE:
Bruxos

NACIONALIDADE:
Americano

APELIDO:
Chris

GRUPO:
Bruxos





PERÍCIAS:
Sobrevivência: É a sua habilidade de sobreviver em zonas selvagens de todos os tipos. Esta perícia inclui conhecimentos variáveis que vão desde armar uma barraca até encontrar algo para comer em situações críticas. Também inclui um conhecimento básico de plantas, animais, geografia, sentido de direção e coisas do tipo. Sobrevivência também permite ao personagem entender a natureza do ambiente selvagem. 2 pontos
Armas Brancas: A habilidade com armas brancas habilita o personagem no uso de facas, punhais; espadas, sabres, lanças, machados, e todo tipo de armas desse tipo. 2 pontos.

DESVANTAGENS:
Ansioso: Seu personagem não consegue ficar quieto quando coloca uma coisa na cabeça, o que vive acontecendo. Se ele não colocar algo em prática ou fazer alguma coisa acaba tendo transtornos de ansiedade. 1 ponto.
Culpa: Carrega um amargo sentimento de culpa por ter feito algo no passado, ou julgar ter feito. Ele se torna depressivo sempre que relembra do acontecido. 2 pontos.
Dependência: Seu personagem depende de alguma coisa para executar seus poderes. Se ele não tiver sua dependência, não poderá realizar seus poderes e só voltará a fazê-lo quando recuperar. 3 pontos. Precisa de seu grimório, sem ele, é impossível saber de cor todos os feitiços necessários, seja para realizá-los ou para enfeitiçar seus sacos de bruxa.

ANÁLISE PSICOLÓGICA:
Altivo, imperativo, frio e requieto seriam as palavras que muitos poderiam usar para definir o moreno de íris oceânicas. Com atitudes calmas, bem pensadas e sempre visando algo maior, o moreno é mestre na arte da enganação. Apesar de seus dons mágicos auxiliarem-no e muito, o moreno ainda assim é capaz de, persuadindo as pessoas ao seu redor, fazê-las obedecerem-lhe quase que sem nenhum protesto. Sabe seduzir quando bem quer, tendo uma ótima lábia e um apetite quase que insaciável para o sexo, sendo definido por muitos como "ninfomaníaco", "promíscuo" ou "vadio". Trabalha diversas vezes como garoto de programa quando não há chances de emprego pelos lugares aonde vai, sempre mantendo sua identidade em sigilo e nunca expondo sua verdadeira natureza. Apesar dele apreciar em segredo os dons que possui, Christian lamenta e muito por conta de tudo o que foi-lhe tirado como custo de tal poder, usando-o quando deve e acha necessário. Tendo sua personalidade lapidada pelos problemas da vida impostos contra sua face, ele aprendeu a se virar sozinho desde sempre, se tornando um homem frio, evitando ao máximo os seus sentimentos mais puros e pulando de cidade em cidade, sempre em busca de algo que ele próprio não faz a mínima ideia.

ANÁLISE FÍSICA:
É difícil não notar o moreno. Com um metro e oitenta e dois centímetros de altura, seu corpo é bem distribuído pelas caminhadas rotineiras que ele pratica todas as manhãs e noites, geralmente correndo na esteira numa academia e mantendo-se em forma, mas nada exagerado, como sempre foi de seu feitio ser discreto ao máximo. Possui cabelos castanho-claro, ora negros, devido à escuridão ou quando ele é molhado, tendo naturalmente uma pele pálida e suave sob o toque. Têm olhos oceânicos de um tom azul-piscina, ora cobalto, que encantam qualquer um que olhe-o de perto ou de longe. Possui lábios finos e róseos, não fez nenhuma tatuagem por achar errado marcar sua pele, apesar de apreciar, mas em outras pessoas.

OBSERVAÇÃO:
Chris possui não exatamente um vício, entretanto vez ou outra é possível ver o moreno fumando, apesar dele condenar tal ato por ser uma das causas da morte prematura de sua mãe no passado. Um de seus maiores vícios seria o sexo, por isso ele aprecia tanto seu emprego de garoto de programa, que ajuda-o a manter-se "saciado" da sua intensa fome, apesar de, às vezes, ele preferir saciá-lo "ele mesmo". Possui uma intensa ligação com a magia, obviamente, sempre mantém seu grimório próximo de si e vive construindo barreiras com seus sacos de bruxa no intento de manter sua moradia longe de outras bruxas, demônios e outras criaturas.

HISTÓRIA: (MINIMO 12)


Natural de Salém, Massachusetts, o moreno é filho de Elizabeth e Samuel Grant, um casal adorável e que sempre se amaram, humanos e ignorantes sobre o mundo paranormal, entretanto, eles eram felizes, possuindo aquele tipo de felicidade que muitos matariam e morreriam para obter. Samuel trabalhava como professor, Elizabeth era enfermeira porém parou de exercer temporariamente sua função por causa de sua gravidez, que logo tornou-se bastante arriscada não só para o bebê, mas para a saúde de Elizabeth também. Foi certa noite quando o casal parou no meio do nada por conta de um pneu furado que ele surgira. O homem era moreno, alto, com cabelos encaracolados e que se estendiam até os ombros, com um longo sobretudo cinza e coturnos negros de couro, tão apaziguante que o casal olhou para o homem sem reação alguma. O homem apresentou-se como Lasher, e ofereceu algo que o casal queria, algo que eles desejavam do mais profundo de seus corações.

Christian foi uma criança elétrica, contrariando todas as expectativas, a iminente doença que iria abater mãe e filho nunca veio, milagrosamente a criança havia melhorado e quando nasceu, a criança chamou a atenção de Elizabeth e Samuel. Seus olhos eram azuis, enquanto a mãe era morena de olhos verdes e o pai loiro de olhos também verdes. As palavras de Lasher ainda assombravam a mente do casal; "A criança será, em partes, minha, então cuidem bem para ele vir à mim no alvorecer de sua idade". Então seria basicamente um trato justo, não era? A criança ficaria bem, nasceria saudável, e em troca quando o garoto atingisse o alvorecer de sua idade - os pais achavam que seria aos dezoito anos - o garoto seria levado pelo sedutor e convincente Lasher.

O moreno era ótimo na escola, sempre inteligente e esperto, entretanto, havia algo de diferente no moreno, uma oposição nas atitudes do moreno que eram gritantes, como se quisessem avisar o casal de que o garoto não eram em nada similar aos progenitores. Aos dezoito anos, a ânsia do casal era quase incontida, e eles mal conseguiram sair de casa, resolvendo irem viajar para um acampamento sem mais nem menos, no intuito de fugir de Lasher. Mas nada adiantaria, durante a madrugada o garoto sentiu ser puxado de sua cama. A criatura queria a alma do garoto, seu tempo de vida deveria acabar ali, no meio da floresta. Entretanto seus pais intercederam, aos prantos, para serem levados ao invés do garoto. Como um demônio recusaria duas almas para pegar apenas uma? Entretanto, o garoto deveria ser devidamente punido, e foi então que ele pediu para tornar-se um bruxo, um desejo oculto que ele sempre abafou de tudo e de todos. Lasher acariciou seu rosto, chamando-o de filho, apesar do garoto ser apenas um objeto de mercadoria anos atrás para ele, e fora aceito o pacto, sendo levada a alma do pai do menino ao invés da alma de Christian, sua mãe acabou por morrer em seu lugar. E assim, depois disto, ele beijou o demônio nos lábios, selando o pacto, apesar do demônio insistir que só selaria cem por cento com sexo, o que acabou por acontecer.

O jovem terminou os estudos, indo morar depois disto em Boston, cursando sua faculdade por lá e após se formar em psicologia, decidiu que viajaria pelo país, sem rumo, exercendo vez ou outra sua profissão, ou então vendendo o corpo como sustento, da forma mais degradante a possível por se achar culpado por tudo. E assim o moreno vive, solitário, um verdadeiro bruxo sem um clã. Atualmente, vive em Nova Iorque.
 




Matt Bomer - Bruxos - Andy

avatar
Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/08/2015
Idade : 27
Localização : EUA
Ver perfil do usuário

Christian F. Grant

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Christian F. Grant

Mensagem por Ivan em Sab Ago 08, 2015 12:09 pm

Olá, Christian.

Posso afirmar que a sua história ficou impecável, não notei nenhum erro, e gostei das ideias propostas. Agora, sobre as descrições, você descreveu do mais ao menos importante, portanto, seja bem-vindo.

Ficha aprovada.
avatar
Mensagens : 18
Data de inscrição : 03/08/2015
Ver perfil do usuário

Ivan
Knight

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum