Chat Lateral
Últimos assuntos
» Avatares Femininos
Qui Dez 08, 2016 3:15 pm por Moon Gyeon Lee

» Área de Flood
Ter Set 15, 2015 10:48 pm por Lisbeth Vannucci

» [FP] Charlie A. Reacher
Qui Ago 27, 2015 8:31 pm por Luix H. W. Kriskahn

» [FP] O'Neall, Amelia R.
Qui Ago 27, 2015 7:29 pm por Amelia R. O'Neall

» Promoções de Abertura
Qua Ago 26, 2015 8:14 pm por Sophia D. Olderschvank

» [FP] ROSS POLLANSKI, MARGOT
Ter Ago 25, 2015 8:27 pm por Dean Winchester

» [TP]As aventuras de Zoey e Luix : Quebrando Maldições [TP]
Seg Ago 24, 2015 5:36 pm por Zoey Brooke

» Pedido de Quest
Seg Ago 24, 2015 3:02 pm por Matthew O'Connor

» Avatares Masculinos
Seg Ago 24, 2015 2:50 am por Caleb Hemmings


[FP] STELIAN LONEL, COLLEEN ( AMITIEL)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] STELIAN LONEL, COLLEEN ( AMITIEL)

Mensagem por Colleen Stelian Lonel em Dom Ago 16, 2015 3:58 pm



Amitiel

NOME COMPLETO:
Colleen Stelian Lonel.

IDADE:
876 anos, mas aparência de 17.

ESPÉCIE:
Demônio.

NACIONALIDADE:
Demônio: Paraíso. Casca: Colômbia.

APELIDO:
Collie.

GRUPO:
Demônios.





PERÍCIAS:
Artes Marciais: São um conjunto de técnicas de combate desarmado que incluem socos, chutes altos, cotoveladas, esquivas, torções, etc. Diferentemente da Briga, as Artes Marciais utilizam a Agilidade (ao invés da Força) para acertar o oponente. Indivíduos hábeis em artes marciais também podem usar certos tipos de armas improvisadas em combate. Cadeiras, garrafas e coisas do tipo não estão incluídas, mas tacos de sinuca, correntes e objetos que permitam ser manipulados de forma rápida e ágil são efetivos. 4 pontos.

DESVANTAGENS:
• Sadismo: Fazer as outras pessoas sofrerem lhe dá um certo prazer. Seu personagem pode se maldizer ou não explorar tal sentimento, mas ele existe e é bem perigoso. 2 pontos.
• Vingativo: Seu personagem tem sede de vingança. Ele não aceita ficar por baixo e sempre tramará uma vingança contra quem lhe fizer mal. Se ele não conseguir se vingar, ficará remoendo a mágoa e a raiva até que o faça. 3 pontos.
• Traço Marcante: Seu personagem carrega alguma marca corporal que o distingue dos outros. Uma cicatriz, um sinal de nascença, alguma peculiaridade física e etc. 1 pontos. [Colleen fez parte de uma organização de ocultismo durante um tempo e por isso possuí uma marca de ferro (o símbolo de uma rosa em chamas) cravada em seu antebraço.]

ANÁLISE PSICOLÓGICA:
Amitiel começou sua vida como um anjo caído, um seguidor de Lúcifer que - ao passar tanto tempo ao lado do mestre - acabou se tornando um dos seus demônios mais fieis. Mesmo antes de passar a vagar pela terra, Amitiel sempre foi um personagem de caráter questionável. Ardilosa, calculista e masoquista de certa forma, sempre gostou de ser a entidade responsável por causar discordia, dor e caos a todos a sua volta. Sua diversão e alimentação é causar o descontentamento e incômodo popular, sendo uma pessoa totalmente frívola e desprovida de qualquer virtude. É um demônio antigo, logo possuí de muita experiência, tanto em terra quanto nos domínios do seu mestre. É uma pessoa irônica, usa o tempo todo do sarcasmo e planeja todos os seus passos e ações para elaborações de jogos doentios e psicológicos.

ANÁLISE FÍSICA:
Amitiel não apresenta uma forma física própria, porém Colleen (sua casca durante tantos anos) acabou se tornando sua forma "pessoal" após tantos anos de possessão. A menina tem longos cabelos loiros e pele perfeita, dotada de grandes olhos azuis e traços físicos que lhe da a delicadeza de quase uma Barbie humana. Justamente por sua aparência inocente que Amitiel a escolheu como sua casca. A menina não é alta, mas também não pode ser considerada baixa, seu corpo é de estrutura magra e ela aparenta ter cerca de dezessete anos de idade. Em seu antebraço há a marca de uma rosa em chamas feita com um ferro fervente, simbolizando a época em que Colleen frequentou um culto de ocultismo.

OBSERVAÇÃO:
Amitiel é um espírito traiçoeiro, logo infernizar a vida das pessoas não é um hobbie, e sim uma necessidade dela que, quando não exercitada, pode levar a efeitos negativos en sua personalidade e psicológico.

HISTÓRIA: (MINIMO 12)



Amitiel



Quando Lúcifer se rebelou contra Deus, Amitiel foi um dos qnjos que entrou na guerra ao lado rebelde. A ideologia do arcanjo e seus discursos sempre fizeram mais sentido e representaram mais Amitiel do que todas as regras e sistemas ditados por Deus. Ela se recusava a curvar-se a uma espécie tão inferior - os humanos - como o seu mestre mandava e ao ouvir todas as propostas soberanas de Lúcifer, foi a sua ideologia que o anjo adotou. Lutou lado a lado com seu mestre, foi sua seguidora fiel até que todos aqueles rebeldes fossem expulsos do paraíso. Junto com Lúcifer, Amitiel caiu.
Vingança sempre foi um traço dominante da anjo e por causa disso sua ira permaneceu por séculos durante sua existência. Além de aversão a Deus, o ódio de Amitiel caiu sobre a raça humana, a qual a anjo prometeu atormentar e perturbar durante toda a sua existência. Quando foi ao inferno, viveu lá com Lúcifer até que as portas fossem abertas, dando entrada de todos os piores demônios ao mundo humano, liberando assim Amitiel e todo o seu ódio para aquele meio. Mesmo sendo uma seguidora fiel de Lúcifer, o mestre do inferno não hesitou em deixar a - agora demônio - subir á Terra, pois ele mesmo sabia quais eram as capacidades satisfatórias da entidade em infernizar. E assim ela o faria. É claro que como todo demônio, Amitiel precisava de uma casca, e durante anos procurou, passando tempos e tempos de um corpo para o outro.
A primeira casca de Amitiel foi um rapaz chamado Elliot. Era um garoto estudioso e havia acabado de entrar para a universidade. Ele era um pacifista, lutava pelo fim da segregação de raças e era uma figura exemplar em seu meio. Foi toda a sua bondade que atraiu o demônio e o fez tomar o seu corpo. O divertido mesmo foi ver Elliot, o líder estudantil, mudar da água para o vinho em questão de horas, conseguindo sabotar um trabalho de vida em relação ao fim do racismo. Foi então que Amitiel dedicou sua existência a atrasar qualquer símbolo humano que a sociedade tentava criar, e se divertia muito com isso. Criou assassinos, ladrões e até mesmo chegou a experienciar a vida como simples - malvadas de um colegial. Vestiu o papel de golpistas, de destruidora de lares e se divertiu ao assistir tantas vidas desmoronarem tão facilmente diante dos seus olhos.
Amitiel teve alguns papéis importantes durante a história. Começou seu trabalho como causadora de discórdia, criando um dos seus papéis mais ilustres ao possuir um austríaco que teria o nome lembrado para sempre. Ser Hitler foi divertido, principalmente quando percebeu que a raça humana era burra o suficiente para concordar com um ideal criado por ela, puramente racista, de que existia uma raça superior que deveria governar os outros. E por pouco venceu. Até hoje pensa-se que o Titanic afundou por causa de um iceberg, e não por causa do capitão que chocou - propositalmente - o casco do navio contra o enorme pedaço de gelo. Outra proeza dela. Fala-se muito também do terrorista que chocou um avião contra as torres gêmeas e marcou na história o 11 de Setembro, outro programa feito pela entidade que se divertia em causar a discórdia.
Por muitos anos, Amitiel foi muitas pessoas e escreveu muitas desgraças na história da humanidade. Sua última casca - e recém favorita - foi uma estudante de direito, uma garota elitista chamada Colleen, que defendeu a vida toda seus ideais de boa moça, decidida em casar, ter filhos e até mesmo ser uma boa líder para o mundo livre. O que levou Amitiel a escolher aquela menina em especial, foi sua inocência e bondade, mais ou menos a mesma coisa que ela viu no Austríaco - Hitler - que nada mais queria do que ser um pintor. E desde então Amitiel encontrou seu lugar em sua mais nova personagem, apenas esperando para ver o que a história lhes reservaria.



Colleen




Desde os quatro anos de idade, Colleen foi ensinada a ser uma dama da alta sociedade. Sendo filha do senador da Colômbia, a garota teve que participar de inúmeras e exaustantes aulas de etiqueta que a instruía em como se portar e como agir. Ela nunca reclamou de ter que ter modos, ser uma figura pública e representativa, mas não era exatamente a vida que ela desejava ter. Colleen acabou nascendo com todo o seu destino reservado para si, e não ter um mistério sobre o seu futuro a desanimava um pouco sobre quão boa  a vida poderia ser. E quanto poderia afinal? Desde os dez anos já sabia com quem ia namorar, qual faculdade iria fazer, onde iria morar e qual seria a vida que levaria. Ela não gostava daquilo, mas também não possuía a audácia necessária para dizer isso aos seus pais. Era filha única e um fardo que teria que levar sozinha.
O histórico escolar da menina foi impecável durante toda a sua vida. Se dedicou ao máximo aos estudos e aos modos, aproveitando pouco da vida que o dinheiro infinito poderia lhe dar, sempre preservando sua imagem e tudo o que as pessoas pensariam dela. Já sabia que quando se formasse no colegial, se mudaria para os Estados Unidos e iria para Yale, assim como seu pai havia feito e sucedido tanto na vida. Ela faria direito. Seria uma advogada e talvez até mesmo pudesse entrar para o ramo da política, o ramo que o filho de amigos influentes americanos de seus pais seguiria, após conhecer Colleen e se apaixonar por ela como seus pais haviam planejado.
Estava tudo traçado para ela, tudo escrito. Quando completou dezessete anos, se formou no colegial e então se mudou para os Estados Unidos, vivendo em um apartamento luxuoso em Nova Iorque, tendo apenas a companhia de empregados que lhe acompanharam a vida inteira. A única pessoa em que Colleen confiava de fato, era sua "dama de companhia", Minerva, que sempre estava lá para aconselha-la e ajuda-la quando suas necessidades de adolescente gritavam por atenção. Por mais que muitas vezes Colleen não deixasse transparecer, ela era uma adolescente e tinha crise como todas elas. Era sempre Minerva quem estava lá para acalmá-la no final das contas.
O mundo da universidade era assustador, mas seu primeiro dia de aula foi fácil para a menina. Seu nome era influente naquele meio por causa do seu pai, e em poucas horas milhões de amigos apareceram, todos querendo um pouco da atenção da garota. Mas ela não queria aquilo. Ela queria desafios, aventuras, tudo o que sua vida nunca lhe proporcionou. Chegou até mesmo a conhecer Adam - seu namorado prometido - e o achou mais monótono do que tudo o que um dia conheceu. Ela não gostava de Yale, de Adam ou do futuro que seus pais planejaram para ela. Tudo o que Colleen queria era poder ser mal educada pelo menos uma vez em sua vida e fingir que não fazia parte de uma elite controladora e maníaca. Foi saindo da aula, em uma sexta-feira a noite que toda a sua vida mudou.
A menina estava sozinha, havia acabado de se dispersar do seu grupo de estudos e caminhava até a limusine que a esperava na entrada da universidade, mandada por seus empregados para pegá-la. Era uma noite gelada, então seus pelos estavam arrepiados por causa do vento e ela andava rápido, deixando soar apenas o barulho dos seus saltos conforme caminhava até onde havia marcado com seu motorista. Ela ouviu um barulho, mas quando olhou em volta, percebeu que estava sozinha. Não acostumada com a vida por ali e com estar sozinha, Colleen foi tomada por um medo comum que a fez andar mais rápido em prol de alcançar a segurança da sua limusine. O problema foi que ela nunca chegou lá.
A menina foi encontrada no dia seguinte, desacordada no meio de uma reserva florestal não muito longe da universidade e foi levada imediatamente para a sua casa em NY, recebendo a visita dos seus pais preocupados diretamente da Colômbia. Colleen parecia não se lembrar nada do que havia acontecido na noite anterior ou o que a "atacou". Porém depois daquele dia, a menina parecia diferente, parecia mais distante. O que ninguém sabia, era que a Colleen que conheciam havia sido levada para longe, muito longe, e o que havia ficado em seu corpo era o pior dos seus pesadelos.

 




Jessica Stam - Demônios - Annie

avatar
Mensagens : 8
Data de inscrição : 16/08/2015
Ver perfil do usuário

Colleen Stelian Lonel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] STELIAN LONEL, COLLEEN ( AMITIEL)

Mensagem por Ivan em Dom Ago 16, 2015 4:56 pm

Olá, Amitiel.

Suas descrições ficaram ótimas. Você descreveu os pensamentos da sua personagem, de forma profunda. Sobre a história, bem, você incorporou alguns fatos históricos no demônio, e o resultado ficou admirável.

Ficha aprovada.


Let me ask, you fear demons?
avatar
Mensagens : 18
Data de inscrição : 03/08/2015
Ver perfil do usuário

Ivan
Knight

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum